CELEBRANDO A MULHER TRANÇADA

Polêmica atrás de polêmica.

Meu objetivo não é dar ibope a uma suposta “opinião” completa de racismo, preconceito e desconhecimento que ocorreu há alguns dias atrás. Não vou aqui julgar alguém que nem tem noção do que diz, muito menos uma revista que está acostumada a espalhar discursos carregados de preconceito (e uma hora terá que parar!!!). Eu quero falar do lado bom dessa história, da mobilização de muita gente para defender o que não deveria precisar de defesa. A mulher do “cabelo ruim” (que de ruim não tem absolutamente NADA), de cabelo crespo, a mulher com trança, a mulher dona de si e que tem o cabelo livre para fazer o que bem entender.

Esse post é para celebrar essas mulheres (e homens!) e mostrar a beleza delas.

Lembro quando eu era pequena e cheguei a fazer tranças, eu tinha uns 12 anos e passei uma semana feliz da vida! Como era com cabelo natural e demorou para fazer, não repeti. Mas tenho curiosidade. Depois das fotos que selecionei para colocar nesse post, a vontade veio com força total. Talvez eu faça em breve.

As tranças, além de ser uma questão de estilo, personalidade e mudança de visual. É um escape para quem está em transição capilar. A quem diga que o cabelo cresce mais rápido, mas não há comprovação. Mas a certeza é que ajuda muito nessa fase, principalmente para não precisar conviver com a fase mais complicada dessa transição que é estar com duas texturas muito diferentes no cabelo (parte lisa e cacheada/crespa).

Hoje em dia não é mais tão comum tranças com o próprio cabelo. Procurando fotos de inspirações, percebi que estão sendo usadas muitas tranças box braids, nagô. Que são aquelas que são com cabelo sintético e o resultado fica massa!

A seguir, algumas fotos dessas mulheres (entre celebridades e leitoras 💚) maravilhosas que aderiram as tranças para dar um toque lindo no visual.

Trança vale em qualquer idade, qualquer cor, qualquer tamanho. Que seja livre! Clique em cada foto para ampliá-la.

“Qual foi o idiota que concluiu que meu cabelo é ruim? Qual foi o otário equivocado que decidiu estar errado o meu cabelo enrolado? Ruim pra quê? Ruim pra quem? Infeliz do povo que não sabe de onde vem.”

Trecho de Milionário do Sonho, poema já comentado em post anterior (clique aqui para rever).

Grande beijo,

Duda @negraecrespa

Anúncios

2 comentários sobre “CELEBRANDO A MULHER TRANÇADA

  1. ARRASOU! Adorei o texto! Obrigada por compartilhar minha foto no meio de tanta gente linda e maravilhosa!
    Tranças realmente são uma mão na roda, tanto pra quem está em transição, quando pra quem quer apenas mudar um pouco. Elas são muito mais práticas…principalmente de manhã. Digo por mim pois acordo todo dia 5h20 e ter que parar um tempo pra arrumar meu cabelo, por pouco que seja…5min…já faz muita diferença. Fora que são lindas né?! Tô adorando essa fase, mas confesso que estou com saudades do meu blackinho ❤

    Beijos e sucesso preta. Tamu junto o/

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s