#PERSONALIDADE: Ruth de Souza

Olá, lindezas!

Hoje é um dia importante na política, mas também é importante por ser o aniversário de 95 anos de uma pessoa essencial para a história recente negra do Brasil: Ruth Pinto de Souza.

Ruth-de-Souza.-Luiz-Paulo-Lima.011.jpg

A Ruth é uma atriz brasileira nascida no Rio de Janeiro e reconhecida tanto aqui quanto fora do país, atuou em teatro, cinema e novelas. Abriu caminho para muitos atores negros no Brasil.

Sua história na arte começou na sua juventude, com seu integração no grupo de teatro Cia Experimental do Negro do Rio. Foi a primeira atriz negra a subir no palco do Teatro Municipal do Rio de Janeiro com a peça O Imperador Jones, na década de 40. Estudou teatro nos Estados Unidos por conta de uma bolsa recebida e alguns anos depois estreou no cinema. Na década de 50, começou a atuar em novelas. Em 1953, por seu papel em Sinhá Moça, foi a primeira brasileira a concorrer o Leão de Ouro, Festival de Veneza. Em 1968 se torna a primeira protagonista negra em uma novela em A Cabana do Pai Tomás. Sua última participação televisiva foi na série Na Forma da Lei em 2010, na Globo, emissora que trabalha por quase 40 anos.

globo__01 Ruth de Souza em Passos dos Ventos 1968 TV Globo__gallefull.jpg

Sua carreira conta com mais de 30 filmes, mais de 25 peças de teatro e cerca de 30 novelas. Recebeu dois Prêmios Saci, a Comenda do Grau de Oficial da Ordem do Rio Branco e o prêmio de Melhor Atriz no Festival de Gramado de 2004.

Depoimento da blogueira: Infelizmente assisti poucas coisas dela na televisão, mas a Ruth participou da minha novela favorita da vida: O Clone. Mas, felizmente, hoje sei da importância e valor que a Ruth tem pra todas nós, mulheres negras. E mesmo com tantos anos de vida, ela só está fora das telinhas por questão de saúde, mas sente falta de trabalhar.

A história de Ruth de Souza é contada no livro Uma Estrela Negra no Teatro Brasileiro: Relações Raciais e de Gênero nas Memórias de Ruth de Souza, de autoria de Júlio Cláudio da Silva. ” As atrizes negras que estão fazendo sucesso hoje, de certa forma, são herdeiras de Ruth. Sem dúvida alguma, ela abriu espaço para que a arte dramática tivesse outra cor” diz o autor, Júlio Cláudio.

32fh6-ruthdesouza
Capa do livro Uma Estrela Negra no Teatro Brasileiro, 2015

“A carreira do negro é muito mais difícil porque ganha menos e faz sempre o mesmo papel. Mas, de uns tempos para cá, melhorou, tem quatro ou cinco atores negros em cada novela. Antigamente, tinha um. A exceção é quando era uma novela que falava dos escravos. Contribuí para mostrar que o negro podia ser ator. Mas, particularmente, eu não posso me queixar. Pelas mãos da Janete Clair, fiz professora, pianista, juíza, enfim, tive a oportunidade de interpretar todo tipo de personagem. E nunca parei de trabalhar”, Ruth de Souza (2015).

ruth

 

~Fan page: Ruth de Souza

~Conheça o primeiro “#Personalidade” com Chimamanda Adichie, clique aqui.

Fonte das imagens: assistebrasil.com.br | memoriaglobo.globo.com | cinemaparasempreporandreacursino.blogspot.com | cacilda.folha.blog.uol.com.br

 

Grande beijo,

Duda @negraecrespa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s