Sabia que o Dia do Orgulho LGBT tem uma drag negra por trás?

Sabia que o Dia do Orgulho LGBT tem uma drag negra por trás?

Olá, lindezas!

O Dia do Orgulho LGBT foi ontem (28), mas o mês de junho todo é especial na causa. Mas você conhece a origem da data?

Na manhã do dia 28 de junho de 1969 – há 50 anos – em um bar, em Nova Iorque, frequentadores do bar Stonewall Inn (local frequentado pelo público LGBT) reagiram a pressão policial extremamente violenta, pois já estavam cansados da perseguição constante, principalmente as drags e aos transsexuais. Aquela resistência à polícia durou dias e ficou conhecida por Revolta de Stonewall. No ano seguinte, organizaram a 1ª Parada do Orgulho LGBT no dia 1º de julho para lembrar do ocorrido do ano anterior.

O movimento se espalhou e hoje em dia as Prides (paradas) acontecem em todo mundo em diversas cidades, inclusive no Brasil.

Naquele 28 de junho, duas mulheres estavam a frente do movimento, Marsha P. Johnson – uma negra, queen ‘de rua’ e Sylvia Rivera, uma trans.

Resultado de imagem para lgbt pride black

Vamos honrar essas pessoas que lutaram pelo simples fato de serem elas mesmas?

Não tem nada que faça mais sentido do que o amor. 🌈

 

Anúncios

Sabia que existe uma premiação só para afro-americanos? Veja os acontecimentos do BET Awards 2019

Sabia que existe uma premiação só para afro-americanos? Veja os acontecimentos do BET Awards 2019

Olá, lindezas!

Desde 2001 a emissora BET (Black Entertainment Television) tem a cerimônia anual BET Awards, para premiar personalidades afro-americanos, exclusivamente.

Na noite de ontem (23), aconteceu a 19ª edição e a grande homenageada da noite foi Mary J Blige com o prêmio Lifetime Achievement Award entregue pelas mãos de Rihanna com um discurso incrível por sinal.

O ator Tyler Perry recebeu uma homenagem com o prêmio Ultimate Icon Award. E também aconteceu uma homenagem póstuma ao rapper Nipsey Hussle com o prêmio Humanitarian Award.

Confira os premiados da edição de 2019, que teve apresentações de Cardi B, DJ Khaled, H.E.R., entre outros:

Melhor Artista Feminino de R&B/Pop:
Beyoncé

Melhor Artista Masculino de R&B/Pop:
Bruno Mars

Melhor Grupo: 
Migos

Melhor Colaboração :
Travis Scott Ft. Drake, Sicko Mode

Melhor Artista Masculino de Hip Hop: 
Nipsey Hussle

Melhor Artista Feminino de Hip Hop:
Cardi B

Clipe do Ano:
Childish Gambino, This Is America

Diretor de Clipe do Ano:
Karena Evans

Melhor Artista Revelação:
Lil Baby

Prêmio Dr. Bobby Jones Melhor Gospel/Inspiração:
Snoop Dogg Ft. Rance Allen, Blessing Me Again

Melhor Atuação International:
Burna Boy

Melhor Atuação de Artista Revelação Internacional:
Sho Madjozi

Melhor Atriz:
Regina King

Melhor Ator:
Michael B. Jordan

Estrela Jovem:
Marsai Martin

Melhor Filme:
Infiltrado na Klan

Atleta do Ano (feminino):
Serena Williams

Atleta do Ano (Masculino):
Stephen Curry

Álbum do ano:
Invasion Of Privacy, Cardi B

Escolha do Telespectador: 
Ella Mai, Trip

Prêmio Bet Her:
H.E.R., Hard Place

Grande beijo,

Duda Buchmann